Escola do Satlite ris ter vacinao contra HPV nesta sexta-feira, 7/10 | Notcias

0
15

Escola do Satlite ris ter vacinao contra HPV nesta sexta-feira, 7/10

06/10/2022 – 15:45






A Secretaria Municipal de Saúde de Campinas vai vacinar estudantes da Escola Estadual “Tenista Maria Esther Andion Bueno”, no Satélite Íris, contra o Papilomavírus Humano (HPV). A vacinação será na tarde de sexta-feira, 7 de outubro, e é voltada para estudantes com idade entre 9 e 14 anos de ambos os sexos. 


 


 


A vacinação nas escolas faz parte da programação do Outubro Rosa. A expectativa é oferecer a vacina em cerca de 60 escolas públicas até o final do mês. No entanto, o imunizante continua disponível nos centros de saúde durante todo o ano para as pessoas de 9 a 14 anos e grupos com condições clínicas especiais (vivendo com HIV/AIDS, transplantados de órgãos sólidos ou medula óssea e pacientes oncológicos) até os 45 anos.


 


 

O imunizante é injetável e aplicado em duas doses, com intervalo de seis meses entre elas. Para receber a dose nas escolas, é preciso levar o cartão de vacinação (se tiver) e documento de identificação e a autorização disponível no site https://vacina.campinas.sp.gov.br/vacinas/hpv.


 


 


Os estudantes vacinados nos estabelecimentos de ensino receberão um cartão com orientação para a segunda dose. 


 


 


Para ser vacinado nos centros de saúde, basta apresentar o cartão de vacinação (se tiver) e documento de identificação. Menores de idade devem estar acompanhados dos pais ou responsável. 


 


 


A vacinação contra o HPV em adolescentes é indicada por mais de cem países em seus programas nacionais de vacinação e vários deles já possuem estudos de impacto desta estratégia com resultados positivos no que diz respeito à prevenção e redução das doenças ocasionadas pelo vírus HPV (câncer do colo do útero, vulva, vagina, região anal, pênis e orofaringe e verrugas genitais). 


 


 


 


HPV


 


 


O HPV é um vírus que tem mais de cem tipos diferentes. É transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas, principalmente por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido de mãe para filho no momento do parto.


 


 


Estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que 630 milhões de homens e mulheres estão infectadas pelo  Papilomavírus humano (HPV) no mundo. No Brasil, estima-se que há de 9 a 10 milhões de infectados e, que a cada ano, surjam 700 mil casos novos da infecção. 


 


 


A orientação é para as mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo (Papanicolau) anualmente. A vacina não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais.


 


 


Outras vacinas


 


 


A coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Chaúla Vizelli, ressalta que as crianças e adolescentes que estiverem com outras vacinas em atraso podem aproveitar para atualizar a carteira, tanto na vacinação nas escolas quanto indo aos centros de saúde. Basta levar os mesmos documentos e a mesma autorização.

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui