28.5 C
New York
Monday, July 4, 2022

Buy now

spot_img

Samsung terá decidido uma paragem de 2 anos nos chipsets Exynos

A Samsung normalmente equipa todos os Galaxy S vendidos nos Estados Unidos com um chipset Snapdragon fornecido pela Qualcomm. Por outro lado, os telefones disponíveis na Europa e na Ásia são geridos por chips Exynos desenvolvidos diretamente pelas equipas da marca.

A Samsung terá tomado a decisão de ignorar os chips Exynos no Galaxy S23 e no Galaxy S24. Em resposta às críticas, a marca não lançaria um novo chipset durante os próximos dois anos. A Samsung preferiria dedicar algum tempo a desenvolver um chipset Exynos completamente revisto para 2025.

A Samsung normalmente equipa todos os Galaxy S vendidos nos Estados Unidos com um chipset Snapdragon fornecido pela Qualcomm. Por outro lado, os telefones disponíveis na Europa e na Ásia são geridos por chips Exynos desenvolvidos diretamente pelas equipas da marca.

Nos últimos anos, muitos utilizadores queixaram-se de discrepâncias de desempenho entre os chips Exynos das soluções Qualcomm, especialmente no que diz respeito ao consumo de energia. Perante as críticas, a Samsung terá tomado a decisão de ignorar os SoCs Exynos durante duas gerações. De acordo com o blog sul-coreano Naver, a Samsung não irá equipar o Galaxy S23 com processadores concebidos por a própria marca.

Galaxy S23 não irá trazer processadores Exynos

Esperado no início de 2023 no mercado, o Galaxy S23 deverá contar apenas com os chips Snapdragon da Qualcomm. A mesma história para o Galaxy S24, cujo lançamento não terá lugar antes dos primeiros meses de 2024. Um relatório recente da Business Korea, um meio de comunicação social sul-coreano, concorda. O relatório assegura que a divisão Exynos da Samsung deve agir urgentemente sob pressão dos líderes. “Foi uma decisão tomada pela direção, ousada e arriscada, para uma visão a longo prazo”, relata um funcionário da Samsung.

Consciente das deficiências dos seus chips, o gigante de Seul prepara o forte regresso dos seus processadores Exynos para 2025, sobre a hipotética Galaxy S25. A empresa teria decidido tirar o tempo necessário para corrigir a situação. Segundo o blogue Naver, a Samsung vai lançar um grupo de trabalho de 1.000 pessoas em Julho de 2022. Este grupo de trabalho será responsável pela definição do esboço deste futuro chip Exynos, apresentado como um elemento flagship do ecossistema da marca.

Samsung terá decidido uma paragem de 2 anos nos chipsets Exynos 2


Assim, não falta ambição à Samsung com este futuro chipset. Além disso, de acordo com as fugas, o líder dos smartphones espera competir com a Apple, que há anos que confia nos seus próprios SoC Apple Bionic para alimentar os seus iPhones. Contactada pelo Android Authority, a Samsung nega ter tomado uma decisão em relação aos chips Exynos. “Embora estejamos continuamente a falar com clientes para desenvolver processadores móveis competitivos, nenhuma decisão específica foi tomada”, disse o grupo. No entanto, iremos certamente descobrir mais detalhes sobre a próxima série Galaxy S23 nas próximas semanas.

Onde há fumo há fogo, e provavelmente será a melhor decisão da Samsung. Assim desta forma poderão rever toda a sua concepção de chipsets Exynos, apontar os erros, e resolvê-los. Desta forma 2 anos de paragem poderia ser o suficiente para a empresa sul-coreana, regressar em força com um novo e melhorado SoC flagship.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga-nos

0FãsCurtir
3,376SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Atrasados