31.3 C
New York
Sunday, August 7, 2022

Buy now

spot_img

Regulador alemão pede que a Tesla faça um recall a mais de 59.000 veículos

À medida que novos carros vão sendo lançados no mercado, com destaque para o setor dos elétricos, aumentam também as notícias de veículos chamados pelas marcas devido a algum tipo de problemas.

De acordo com as mais recentes informações, o regulador alemão do setor automóvel pediu agora que a Tesla fizesse um recall de mais de 59.000 dos seus veículos a nível global. A razão está relacionada com a deteção de problemas de emergência nalguns modelos da empresa de Elon Musk.


Regulador alemão rede recall a mais de 59.000 carros Tesla

Segundo dados de relatórios recentes, a Autoridade Federal de Transportes Motorizados da Alemanha (KBA) pediu à Tesla para fazer um recall a mais de 59.000 dos seus carros Model Y e Model 3. E uma vez que esta entidade reguladora alemã só pode ordenar esse mesmo recall no seu país, fez então esse pedido à empresa de Elon Musk.

De acordo com as informações reveladas, este pedido prende-se com o facto de terem sido descobertos problemas técnicos com o sistema de emergência destes modelos Tesla. E a autoridade adianta que este é um problema que afeta os Model Y e Model 3 em todo o mundo. Em concreto, é esperado que o carro contacte a linha direta de emergência em caso de acidente grave. No entanto, os donos dos Tesla terão que contactar diretamente com a fabricante ou dirigirem-se até uma oficina autorizada para realizar uma atualização de software.

O aviso foi emitido na passada quarta-feira (29 de junho) e divulgado neste sábado (2 de julho) pela Rádio Berlin-Brandenburg. Todos os modelos afetados pelo recall são do ano de 2022 e, de acordo com a rádio, incluem os Model Y fabricados na Gigafactory Berlim.

Mas esta já não é a primeira vez este ano que a Tesla tem problemas. Em abril a empresa teve que recolher 63 mil carros e em março foram chamados 947 carros nos EUA por atraso na exibição de imagem na câmara traseira. Já no mês de fevereiro, a Tesla recolheu nos EUA 817.000 veículos devido ao alerta sonoro no cinto de segurança e 54 mil carros foram chamados por causa da funcionalidade de Full Self-Driving.

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga-nos

0FãsCurtir
3,427SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Atrasados