360imprimir.pt avança para semana de quatro dias e aumenta salários – Tecnologias

0
16

A 360imprimir.pt vai adotar a partir desta quinta-feira o modelo da semana de quatro dias de trabalho, informou a empresa em comunicado. 

Esta decisão surge depois de a tecnológica portuguesa ter encerrado os seus escritórios em Lisboa e em Braga, passando a adotar o trabalho remoto.

 

“O modelo de 36 horas de trabalho em quatro dias por semana será implementado de forma experimental, tendo a empresa assumido um piloto de dois anos. A adesão é voluntária e a aceitação tem sido um êxito, com a adesão quase total dos seus colaboradores a este novo modelo pioneiro em Portugal”, informa a companhia.

O modelo será, no entanto, adaptado para os funcionários que trabalham no atendimento ao cliente. Assim, 30% do pessoal vai beneficiar de três dias de descanso (não seguidos), através de um sistema de rotatividade do dia de folga extra.

 

Na prática, segundo as contas da empresa, “haverá uma redução de 17% dos dias de trabalho por ano, para 186 dias, e uma redução das horas de trabalho de 7%, para as 1672 horas”.  

Esta medida implica ainda um aumento do salário, através de um ajuste no subsídio de refeição.

 

Durante estes dois anos, a tecnológica irá contar com a Deloitte para estudar o impacto real da medida, sendo depois publicado um “Barómetro Trimestral”.

 

“Esta decisão é o resultado de meses de estudo, com um cuidadoso desenho de um modelo que acreditamos salvaguardar os interesses de todas as partes. Acreditamos ainda que a nossa partilha trimestral dos impactos do modelo em todas as variáveis de negócio e pessoas ajudará gestores e pessoas a acelerar aquele que acreditamos ser o futuro modelo de trabalho”, explica Sérgio Vieira, CEO da 360imprimir.pt.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui