31.3 C
New York
Sunday, August 7, 2022

Buy now

spot_img

A BOLA – «Não queremos andar com uma bomba de oxigénio até ao final» (Brasil)

António Oliveira não escondeu a satisfação após a vitória diante do Avaí (2-1). Foi o segundo triunfo enquanto treinador do Cuiabá, o primeiro no qual esteve no banco da equipa (diante do Corinthians ficou na bancada devido a um problema burocrático).

 

«Eu não tinha dúvidas de que quando existisse confiança, o Cuiabá ia vencer. É disso que precisamos, os últimos derrotados foi muito devido a falta dela. Os jogadores vão ter de perceber que hoje precisámos de chegar 20 vezes à área para fazer um golo, como às vezes vamos chegar 20 vezes e não vamos marcar e noutra vamos chegar duas vezes e marcar nas duas. Por isso, tudo o que lhes peço é para continuar a ir à frente para fazer aquilo que nos garante pontos: golos. Foi uma vitória justa», explicou.

 

Após o triunfo, o treinador português aproveitou também para deixar um recado à direção.

 

«Precisamos de reforços para que a equipa fique cada vez mais competitiva e mais perto da segurança. Não queremos andar como na época passada, com uma bomba de oxigénio até ao final da temporada», concluiu.

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Siga-nos

0FãsCurtir
3,427SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Atrasados